• default color
  • blue color
  • orange color
  • green color
CPanel

Alta Beleza - Seu Mundo Fashion começa aqui!

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Cabelos Cinco dicas para ter um cabelo sex

Cinco dicas para ter um cabelo sex

E-mail Imprimir PDF

Quando uma pessoa tem personalidade marcante isso se percebe com facilidade em tudo que ela faz, mas se você andava querendo investir num estilo mais sensual e não sabe como, uma dica pode ser mudar um pouco a maneira como você usa seus cabelos. Nós adoraríamos ter o cabelo da Blake Lively ou Gisele Bündchen,

pesadão, mas com movimento. Mas se essa realidade não se aplica aos seus fios, tudo bem, existem outras táticas para obter um cabelo sexy. Não estamos falando de cortar ou pintar, mas coisas simples mesmo que podem ser feitas por qualquer mulher:

Use o cabelo solto - Deixe que o vento bata nos seus cabelos, criando um movimento mais natural nos fios. Se você não tem cabelos longos, evite grampos ou outro tipo de presilhas. A naturalidade do próprio cabelo é o interessante.

Adicione volume - Com um pouco de mousse é possível domar os fios rebeldes e ainda agregar forma. Se você tem pouco cabelo, seque-o de baixo para cima, modelando com a mousse depois.

 

Despenteie - Nada de penteado certinho, sem um fio fora do lugar. Os amassados com ar de recém saídos da cama estão em alta e soam bem mais sensuais do que um escovado perfeito.

Camadas - Um corte em camadas agrega movimento ao cabelo e pode ser uma boa tática para quem tem pouco volume. Converse com seu cabeleireiro sobre o que mais se adéqua ao seu tipo de cabelo.

Prenda de maneira despretensiosa - Uma trança meio desfeita, um rabo de cavalo com fios soltos solucionam no caso de você sentir calor e fogem do ar careta que um coque ou outro penteado mais alinhadinho poderia passar. Use acessórios como prendedores tipo piranha ou borrachinhas pequenas que não prendam todo o cabelo, deixando alguns fios caídos propositalmente.

 

Curta nosso Facebook


 

Política de privavidade