A alimentação dos diabéticos

Imprimir

Share

Os diabéticos são um dos grupos que mais deve tomar cuidado com as doenças cardíacas. A doença causa sérios problemas de circulação, obstrui os vasos sanguíneos e pode causar infarto do miocárdio. Existem dois tipos de diabéticos:

 

o tipo 1 ocorre principalmente em jovens e crianças e está relacionada à falta de produção de insulina suficiente pelo pâncreas; já a tipo 2 é mais comum em adultos, principalmente em obesos, e está relacionada a uma resistência de organismo à insulina produzida pelo pâncreas, fazendo com que não haja controle adequado das taxas de açúcar no sangue.


Normalmente, a obesidade é a principal influente para o surgimento da doença devido ao consumo excessivo de alimentos doces e carboidratos (que no sangue são transformados em açúcar). O fato é que a alimentação, hoje, não costuma fornecer o valor nutricional ideal para nosso organismo.


A alimentação é a chave para tudo. Recomenda-se que os diabéticos evitem açúcares, doces, pães, farinhas e massas em excesso, bem como bebidas com açúcar ou alcoólicas. Já quem conseguiu controlar a doença e está dentro do peso deve controlar os carboidratos, mas podem até usar pequenas quantidades de açúcares – sem nunca esquecer que as refeições devem ser sempre equilibradas.